Escudo de la República de Colombia
Sistema Nacional de Biliotecas - Repositorio Institucional Universidad Nacional de Colombia Biblioteca Digital - Repositorio Institucional UN Sistema Nacional de Bibliotecas UN

Relação entre renda e consumo alimentar habitual de β-caroteno, vitamina c e vitamina e de crianças

Geovanna, Geovanna Torres and Luiza, Luiza Sônia Rios-Asciutti and Amélia, Rivera and Maria da Conceição, Maria da Conceição Rodrigues-Gonçalves and Rafaella, Rafaella Cristhine Pordeus-de-Lima and Tarciane, Tarciane Marinho-Albuquerque and Ronei, Ronei Marcos-de-Morais and Adyla, Adyla Farias-de-Oliveira and Roberto, Roberto Teixeira-Lima and Maria José, Maria José Carvalho-Costa (2012) Relação entre renda e consumo alimentar habitual de β-caroteno, vitamina c e vitamina e de crianças. Journal of Public Health; Vol. 13, núm. 3 (2011); 386-397 Revista de Salud Pública; Vol. 13, núm. 3 (2011); 386-397 0124-0064 .

Texto completo

[img]
Vista previa
PDF
383kB
[img] Sin Definir
[img]
Vista previa
Imagen (TIFF)
427kB
[img]
Vista previa
Imagen (TIFF)
427kB
[img]
Vista previa
Imagen (TIFF)
427kB
[img]
Vista previa
Imagen (TIFF)
1MB

URL oficial: http://revistas.unal.edu.co/index.php/revsaludpubl...

Resumen

Objetivo Analisar a relação entre renda e consumo alimentar de β-caroteno, vitamina C e vitamina E em crianças na cidade de João Pessoa, Brasil. Método Foram avaliadas 183 crianças com idade entre 2 e < 10 anos, em uma amostra representativa estratificada por níveis de renda da população de João Pessoa. O instrumento de pesquisa consistiu de questionários que abordaram aspectos sócio-econômicos, demográficos, antropométricos e de consumo alimentar. Analisou-se os resultados com o software R, por meio da estatística descritiva e inferencial (correlação e regressão). Resultados Observou-se predomínio do gênero masculino (55%), das classes de renda E (até U.S. $ 428,64) e C (> U.S. $ 622,31–U.S. $ 2,682.93) e de mães que estudaram nove anos ou mais. Quanto à ingestão de vitaminas, houve baixa inadequação de vitamina C (8%) e inadequação elevada de vitamina E (59%), sendo esta última mais freqüente na faixa etária de 4-8 anos (33% das crianças). Houve uma correlação inversa entre renda familiar e consumo energético (r=-0,1525, p

Tipo de documento:Artículo - Article
Palabras clave:Renda, consumo alimentar, vitaminas, antioxidantes, crianças
Temática:6 Tecnología (ciencias aplicadas) / Technology > 61 Ciencias médicas; Medicina / Medicine & health
Unidad administrativa:Revistas electrónicas UN > Revista de Salud Pública
Código ID:24324
Enviado por : Dirección Nacional de Bibliotecas STECNICO
Enviado el día :27 Junio 2014 15:36
Ultima modificación:18 Septiembre 2017 22:04
Ultima modificación:18 Septiembre 2017 22:04
Exportar:Clic aquí
Estadísticas:Clic aquí
Compartir:

Solamente administradores del repositorio: página de control del ítem

Vicerrectoría de Investigación: Número uno en investigación
Indexado por:
Indexado por Scholar Google WorldCat DRIVER Registry of Open Access Repositories OpenDOAR Metabiblioteca BDCOL OAIster Red de repositorios latinoamericanos DSpace BASE Open archives La referencia Colombiae Open Access Theses and Dissertations Tesis latinoamericanas CLACSO
Este sitio web se ve mejor en Firefox